OBRIGADO A TODOS PELO APOIO QUE NOS DERAM! ***** OBRIGADO A TODOS PELO APOIO QUE NOS DERAM! ***** OBRIGADO A TODOS PELO APOIO QUE NOS DERAM! ***** OBRIGADO A TODOS PELO APOIO QUE NOS DERAM! ***** OBRIGADO A TODOS PELO APOIO QUE NOS DERAM! *****

domingo, 23 de outubro de 2011

CÂMERA DE FURO!

Realizamos o experimento da câmera de furo.
Foi preciso ter: 1 lata de achocolatado, papel vegetal, arame fino, cola, tesoura, alfinete, prego e martelo.

Furamos o centro do outro lado com um prego grosso.

Recortamos um retângulo de cartolina e colamos sobre o furo do fundo da lata com fita adesiva. 

Sobre o furo da lata perfuramos a cartolina com um alfinete.

Fizemos um anel de arame com um diâmetro um pouco menor do que da lata. Deixamos um cabo de arame de 12 cm.

Colamos o disco de papel vegetal no anel dobrando as pontas.


Colocamos o disco dentro da lata afastando-o cerca de 5 cm do fundo.

Apontamos a lata para um local bem iluminado. Aguardamos alguns segundos para que nossas vistas se acostumasse com as condições de luz dentro da lata.

Para evitar a entrada de luz pela parte aberta, seguramos a lata com as duas mãos próximas ao olho e cubrimos a cabeça e parte da lata com uma toalha escura.

Sabe o que aconteceu?
Imagens foram formadas na tela!

Sabe por quê?
A imagem que observamos no interior da lata é formada por raios de luz vindos do objeto que passam pelo furo e se projetam na tela.
Como a luz se propaga em linha reta, os raios que provém da parte superior do objeto ao passar pelo furo continuam, ainda, se deslocando em linha reta e se projetam na parte inferior do disco.
Analogamente, os raios da parte inferior do objeto se projetam na parte superior do disco.
Dessa forma, a imagem se apresenta invertida em relação ao objeto original.

Foi muito legal ver as crianças andando por toda a escola apontando suas latas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário